XIII Oficina Intensiva

Neste sábado, 14, e domingo, 15, o Centro de Artes (Ceart) da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) recebe diversos grupos de teatro comunitário para a Oficina Intensiva de Teatro. Realizado anualmente, o evento ocorre das 9h às 17h na Udesc Ceart.

A oficina  possibilita o encontro e promove a troca de experiência entre diversos grupos de teatro comunitário, com práticas que propiciam uma ampliação dos recursos técnicos e estéticos de cada um. Estarão presentes nesta edição cerca de 150 pessoas entre alunos, professores e membros de grupos de teatro de diversas comunidades de Florianópolis e do interior do Estado.

A iniciativa existe desde 2004 e faz parte do programa de extensão Teatro e Comunidade, sendo o evento organizado pelos membros do Núcleo de Formação de Facilitadores (Fofa), sob a coordenação da professora Márcia Pompeo.

Participantes
A oficina receberá grupos de teatro comunitário do Canto da Lagoa, Barra da Lagoa, Serrinha, Pantanal, Itacorubi, entre outros, de Florianópolis, além do grupo de teatro do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Federal no Estado de Santa Catarina (Sintrafesc) e do grupo da biblioteca comunitária Barca dos Livros.

O evento também contará com a vinda de grupos do interior do estado, como jovens de assentamentos da reforma agrária do município de Matos Costa e professores de escolas públicas da cidade de Lebon Régis. Um grupo de 17 alunos da Universidade de Michigan, dos Estados Unidos, acompanhados da professora do Departamento de Teatro e Drama Ashley Lucas, também participará da atividade.

A oficina inclui também estudantes e professores da Udesc Ceart, sendo que para os acadêmicos da disciplina de Metodologia do Teatro na Comunidade, do curso de Teatro, a oficina intensiva é um estágio de observação. Durante o final de semana, os acadêmicos poderão observar 16 horas de práticas teatrais em comunidades e acompanhar um dos seis grupos nos quais os participantes estarão divididos.

A oficina é voltada a pessoas que já fazem teatro em comunidades, e interessados podem solicitar uma vaga por meio do email marciapompeo@gmail.com.

Programação
No evento estão programadas as seguintes oficinas: Teatro Jornal, por Hélio Muniz; Teatro para mudança social, com Ashley Lucas; Cortejo, por Leticia Coelho; Improvisação para Teatro e Música, por Dimitri Camorlinga; Clown, por Gabriela Leite e Drica Santos; Orikis por Babyton Santos e Julianna Rosa de Souza; e Dramaturgia, criação e jogo por Jucca Rodrigues.

Durante o evento haverá uma apresentação do projeto The Prison Creative Arts – um projeto desenvolvido na Universidade de Michigan, sob coordenação da professora Ashley Lucas, com o objetivo de levar arte para as prisões, estimulando a expressão criativa de encarcerados, seja por meio do teatro, da dança, da música, da literatura ou das artes visuais. O grupo da universidade norte-americana também ministrará uma oficina sobre Teatro para a mudança social.

Complementando a programação, também será realizada a apresentação da peça “E Se Eu Fosse um Camarão?”, do Grupo de Teatro do Canto da Lagoa. Ao final do evento, haverá um momento para o compartilhamento das experiências

.2016-05-12_oficina_intensiva_teatro2-540x244